O marketing de conteúdo está sendo muito utilizado nas estratégias de marketing digital de muitas empresas. No começo está sendo tudo muito lindo aos olhos das empresas, porém depois de um tempo quando não tem um resultado esperado desanimam.

Mas e se o problema não for a estratégia de marketing em si? E se for a maneira como a estratégia está sendo criada?

Não é apenas montar uma estratégia, como isso está sendo feito e o que está sendo considerado na hora do planejamento.

Não vamos falar de como fazer uma estratégia de marketing de conteúdo hoje, mas sim o que não fazer na hora de montar a sua estratégia.

Para saber com o que você precisa tomar cuidado na hora de montar a sua estratégia continue lendo esse artigo.

Não considerar o objetivo da empresa

Pode ser que na hora de montar a estratégia de marketing de conteúdo a primeira coisa que você considera não seja o objetivo, primeiro vá para outros pontos. 

O maior problema do objetivo não estar como o primeiro ponto é que sem ele você corre o risco de sua estratégia não trazer um retorno bom para a empresa e nem ajudar em nada.

Uma estratégia que não está ligada com o objetivo da empresa não tem sentido de ser executada, pois não trará o retorno necessário.

Não definir uma persona

O problema de não ter uma persona certa é que você pode estar produzindo conteúdos para o público errado e apenas gastando dinheiro com ações.

O marketing de conteúdo tem a intenção de criar conteúdos relevantes e solucionar o problema do consumidor, como vai solucionar o problema do seu consumidor sendo que não sabe da sua necessidade e nem quem ele é direito?

Por exemplo, um dentista está produzindo conteúdos sobre extração de dente sendo que o público dele está procurando sobre tratamento de canal preço, ele está perdendo a oportunidade de atingir o público dele.

Pensar em curto prazo 

Esse é um problema que pode prejudicar a longo prazo. Na hora de criar as pautas, pensar nos conteúdos que vai produzir fazer um planejamento de apenas 2 meses e depois não ter mais pauta.

Pense que você vai trabalhar para chamar atenção das pessoas e que se elas acharem um conteúdo mais relevante que o seu ela vai preferir o outro. Nesse momento é sempre bom ter uma pauta que vai seguir o planejamento a um longo prazo.

Pense que o marketing de conteúdo ajudará a sua marca a ganhar visibilidade e se posicionar no mercado, se isso acabar como será? Terá que criar uma estratégia do zero? E se não tiver mais pautas? Começará uma nova, totalmente diferente e que ainda terá que ter o mesmo trabalho que a outra para ganhar visibilidade?

Pense que você precisa mostrar o seu valor para o público através desses conteúdos, se começa a ficar repetitivo ou sem sentido você começa a perder o valor.

Ignorar o Funil de Vendas

O funil de vendas é o estágio onde o seu consumidor está no momento da compra e saber com qual parte do funil você quer falar naquele momento vai fazer toda a diferença na hora da produção de conteúdo.

Saiba dividir o seu conteúdo entre as fases do funil, isso tornará mais fácil você alcançar o seu público e aumentar a possibilidade dele chegar ao fundo do funil, já que esse é o objetivo de todas as empresas.

Criar conteúdo superficial

Acho que todos no mundo dos negócios sabe que os consumidores não procuram apenas um produto ou serviço, ele procura conteúdo e uma marca que vá solucionar o problema dela.

Os consumidores já passaram da fase de serem simples compradores, agora eles são a base mais importante de toda marca, pois se ele não gostar da marca pode tornar a imagem dela ruim.

Se os seus conteúdos forem superficiais e não falar com o público você não terá sucesso e muito menos irá atingir o objetivo da estratégia que está criando.

A internet está cheia de conteúdos sobre todos os assuntos possíveis, mais um conteúdo não vai fazer diferença nenhuma. O diferencial é o que você está oferecendo para a pessoa que está lendo.

Conteúdo sem personalidade

Na hora de montar a sua estratégia tenha em mente que esses conteúdos precisam ter a cara da sua marca. São inúmeros conteúdos na internet hoje, muitos com o mesmo tema, mesma pauta.

Você precisa se destacar entre eles e precisa lembrar que seu conteúdo vai levar as pessoas a conhecerem a sua marca, então tenha personalidade nos conteúdos, coloque isso como uma das prioridades na hora de montar a sua estratégia.

Que as pessoas possam passar o olho no seu conteúdo e já reconhecer a marca.

Vender em vez de educar

O objetivo do marketing de conteúdo é promover a marca através de conteúdos relevantes, informativos e materiais ricos.

Aqui não é o espaço para você vender um produto, deixe isso para as outras estratégias de marketing. 

Use o marketing de conteúdo para educar o mercado, mostrar como você domina tal assunto, como pode solucionar o problema do pessoa que está lendo o seu conteúdo.

Com esse tipo de conteúdo você tem uma maior possibilidade de gerar mais leads para a sua empresa.

Não definir a plataforma 

Quando você cria uma estratégia de marketing de conteúdo você precisa saber onde o seu público está presente para focar na plataforma certa.

Montar uma estratégia e colocar que vai produzir para todas as plataformas sem definir as que tem o público que deseja alcançar faz com que você simplesmente crie conteúdos para pessoas que nem prestam atenção na sua marca e não tem interesse no seu segmento, será só tempo e dinheiro gasto.

Não saber a linguagem do seu consumidor

Como irá criar conteúdos sendo que a sua linguagem não é a mesma com o do consumidor que deseja falar?

Lá na persona é onde você deve descobrir a linguagem do seu consumidor, o que chama a atenção dele e qual vai ser a melhor maneira de falar com ele.

Um estudante tem a linguagem diferente de um empresário, o jeito que você falar com um não irá funcionar com o outro.

Não considerar isso no planejamento estratégico pode te trazer alguns prejuízos depois.

Limitar a um formato

Hoje podemos utilizar vários formatos para divulgar nossos conteúdos para as pessoas, seja imagem, vídeo, texto, podcast, Newsletter e etc.

São vários possibilidades que podemos tentar para ganhar visibilidade, claro, pesquise sobre o que mais chama atenção do seu cliente. Mas não se limite a um formato só, mesmo que ele esteja dando certo, arrisque outros formatos.

Conclusão

Falar do que não fazer na hora de montar uma estratégia pode ensinar mais do que dar dicas de como fazer a estratégia.

Claro, pesquise mais sobre esse assunto, veja dicas e artigos sobre como fazer uma estratégia de marketing, todo conteúdos que contenha informações relevantes e ricas pode ajudar nesse momento.

Mas tome cuidado com a forma que está fazendo, se a sua estratégia não está dando certo pode ser porque está cometendo alguns desses erros acima.