Já pensou em se posicionar no mercado e aumentar a sua visibilidade nos mecanismos de busca? O marketing de Conteúdo pode te ajudar nisso e ainda ajudar a sua marca a gerar mais leads.

A internet está presente nas nossas vidas diariamente. Hoje praticamente tudo gira em volta da internet. Se precisamos de alguma informação, dica ou qualquer outra coisa podemos procurar no Google que com toda certeza vamos encontrar.

O Google é o maior site de pesquisa do mundo, cerca de 3,5 milhões de pesquisas são feitas todos os dias.

As empresas que usam a internet para alcançar o consumidor estão conseguindo se destacar e com isso se posicionar no mercado. Quanto maior a visibilidade na internet, maior a chance de alcançar o seu público alvo e ter sucesso na sua estratégia.

Com o passar do tempo a demanda de buscas no Google tem aumentado, quando uma pessoa tem um problema que precisa de solução ela vai até o Google em busca de ajuda e as empresa que de alguma maneira tem a solução para esse problema estão ganhando mais clientes.

Mas como alcançar essas pessoas e conseguir gerar mais leads e automaticamente caminhar para um bom posicionamento no mercado? O marketing de conteúdo pode ajuda.

Uma estratégia de marketing de conteúdo pode ajudar uma marca a ganhar visibilidade no mercado e através de conteúdos relevantes e informativos gerar leads.

Mas, afinal de contas, o que é o marketing de conteúdo?

Descubra agora é o que é o marketing de conteúdo e como utilizar essa estratégia para se posicionar no mercado.

O que é Marketing de Conteúdo? 

O marketing de conteúdo não foca em promover a marca, ele é focado em gerar leads através de conteúdos relevantes e informativos.

O intuito é a produção de conteúdos que vão solucionar o problema do consumidor, respondendo dúvidas frequentes e mostrando que a sua empresa é a solução para os seus problemas e com isso mostrando também que domina tal assunto.

É também, uma forma de aproximar a marca do consumidor. Aqui é um ponto muito importante, para que o consumidor possa ter confiança na marca e a considerar na hora da compra ela precisa ver que a marca tem potencial e lidera sobre aquela área e isso só vai acontecer se a marca e o consumidor tiverem essa aproximação.

Essa estratégia não é limitada apenas a alguns segmentos do mercado e nem quem está a mais tempo ou começando agora. Diversas áreas pode usar o marketing de conteúdo na sua estratégia, seja área da saúde, direito, educação e etc.

Essa pequenas ações podem fazer uma empresa ter uma posição no mercado, pois os conteúdos relevantes pode ganhar destaques entre o público e isso pode gerar mais leads e trazer mais vendas para a empresa.

E o legal dessa estratégia é que existem vários formatos que podem ser usados, a empresa pode estudar qual o melhor formato para alcançar o seu público e aproveitar muito dele.

Alguns formatos são:

  • Blogs 
  • Landing Page 
  • E-book
  • Webinar 
  • Podcast 
  • Cases de clientes
  • Redes sociais
  • Infográfico 
  • E-mail marketing
  • Newsletter 

Vale ressaltar que, apesar de existir muitos formatos e possibilidades de como produzir conteúdo, você precisa entender onde está concentrado o seu público alvo e qual o formato que vai conseguir atingir ele.

Mas não se preocupe, vamos mostrar como essa estratégia funciona  como criar um planejamento de marketing de conteúdo.

Criando uma estratégia de Marketing de Conteúdo

Agora que já vimos o que é o Marketing de conteúdo e como ele pode ajudar na visibilidade e posicionamento da marca, vamos ver como montar o planejamento e colocar ele em ação.

E não se preocupe! Não existe uma fórmula mágica e também todas as áreas pode usar essa estratégia, só precisa entender como alcançar o seu público.

Objetivo da estratégia

A primeira antes de começar o planejamento estratégico é ter estabelecido o objetivo da empresa, isso tem que estar claro para saber onde a empresa quer chegar e se a estratégia que foi montada está respondendo a essas expectativas.

 Por exemplo, um escritório de advocacia pode ter um objetivo de trazer mais clientes e ganhar mais visibilidade da marca.

Persona

Com o objetivo da empresa estabelecido, você vai para a persona.

A persona é um personagem semi-fictício que representa o cliente ideal da empresa.

Através de pesquisas com o clientes da empresa você pode levantar dados como: gostos, preferência, o que gosta e fazer, hábitos, problemas, necessidades, redes sociais que usam e etc.

É muito importante você explorar o seu cliente nessa parte, pois com todos os dados que você levantar vai conseguir que tipo de conteúdo irá criar para chamar atenção dele e de outros consumidores.

Por exemplo, um clínica odontológica descobriu que seus pacientes frequentemente buscam na internet sobre quanto custa um implante dentário, com essa informação em mãos pode produzir conteúdos sobre diferença de valores, o que considerar na hora da decisão de compra, onde procurar e etc. 

Através de conteúdos assim ela tem maior possibilidade de alcançar o público que deseja e ainda mostrar que tem conhecimento sobre o assunto.

Quanto mais detalhada a sua persona melhor vai ser na hora de produzir conteúdos.

Tipo de conteúdo

Agora é hora de definir as pautas que irá produzir.

Se você estabeleceu certo os dois primeiros pontos então você terá uma visão melhor do que o seu público precisa.

Aqui é de extrema importância entender que os conteúdos precisam ter relevância, ser informativos, dar dicas, ser inovadores e sempre acrescentar informação, trazer coisas que chamam atenção.

Vale ressaltar que não adianta falar de vários assuntos diferentes e não dominar nenhum deles. O que que quero dizer com isso?

Pegue um assunto que sua empresa tem domínio e fale sobre ele, mostre para o seu público como você entende sobre aquela área e pode solucionar o problema dela.

Aqui também é importante para as empresas que oferecem produtos ou serviços mais complexos que poucas pessoas entendem do assunto, essas empresas podem educar o mercado. Mas o que seria educar o mercado?

Por exemplo, um dentista é especialista em estética, mas poucas pessoas tem o conhecimento que um dentista pode fazer procedimentos estéticos, aqui é o momento de educar o mercado com conteúdos informativos e ainda educando o consumidor sobre o assunto.

O profissional por falar por exemplo sobre clareamento dental, os tipos que existem, como é feito e os valores. Claro que ele tem que saber o que os seus pacientes procuram também, se eles buscam informações sobre quanto custa um clareamento dental ele pode aproveitar e produzir conteúdo com dicas e informações sobre isso.

Distribuição

Aqui você vai decidir onde vai divulgar os conteúdos que vai produzir.

É muito importante lembrar da sua persona para estabelecer essa parte, pois você precisa divulgar conteúdos onde estão seus potenciais clientes para atingir eles.

É legal ter a mente aberta para caso tenha que testar ferramentas que nunca usou, pode ser que descubra que outra ferramenta será mais útil do a outra que já utilizava. Não subestime nada e se arrisque aqui, você só vai descobrir se vai dar certo quando tentar.

Mensuração de resultados

Depois que sua estratégia estiver em andamento, depois de 1 ou 2 meses é hora de parar e analisar os resultados.

A mensuração de resultados é muito importante para saber como sua estratégia está andando e se realmente está dando o retorno desejado.

Montar um planejamento estratégico perfeito não quer dizer que terá sucesso nele, nem sempre sai como o esperado e nem por isso tem que desistir.

Sempre tenha um plano B, C ou D na mão para que se alguma coisa der errado você tem outra opção e outra estratégia para colocar em ação.

E não deixe se levar por números de seguidores ou curtidas, esses números não querem dizer que está gerando leads.

Por exemplo, você pode ter 10 seguidores na página da sua empresa no Facebook, mas não quer dizer que suas vendas aumentaram ou todos esses seguidores são realmente clientes da sua empresa.

Se posicionando no mercado

Com tudo isso que falamos fica claro que o marketing de conteúdo pode sim ajudar uma marca a se posicionar no mercado e aumentar as suas vendas.

Um boa estratégia de marketing de conteúdo pode levar a marca liderar o mercado em que atua, tudo depende também da visão da empresa.

E mais importante, por mais que correr riscos seja perigoso é sempre bom inovar e testar novos meios de comunicação e novas estratégias, às vezes aquela estratégia que ainda não testou ou até alguma ferramenta pode ajudar a sua empresa a conseguir mais clientes.

Tenha sempre em mente que às vezes não vai sair como o esperado, mas o importante é sempre seguir em frente e testar novos meios.

Não fique apenas nesse conteúdo, pesquise mais sobre o assunto e como isso pode te ajudar.